FAQs



Q?

O que é um “remap” ?

A.

Eu tenho uma certa aversão a falar mal de produtos concorrentes, entretanto sou questionado toda semana para esclarecer sobre a diferença entre fazer um remap e usar um Unichip.

Remap
1 – Sobre calibração e recursos
Remap significa regravar um arquivo de calibração na ECU do seu carro. O software original da montadora é EXCLUSIVO, não existe qualquer possibilidade de uma empresa que não a montadora ter acesso ao programa original de cada carro, seja qual for o ano e modelo.
As empresas que fazem o “remap”trabalham com software “pirata”. Estes softwares são extremamente precários do ponto de vista técnico. Não conseguem enxergar nem 1% das informações de uma ECU. Para você ter uma ideia da precariedade, ao fazer um “upload” de uma ECU original, você importa cerca de 1.2 GB de dados em hexadecimal compilados.
Quando você faz o remap, volta entre 150 e 250 MB de dados, ou seja 1 GB “somem”.
Trata-se de um software extremamente limitado técnicamente, não é possível saber exatamente o que está sendo feito em termos de ajustes.
Quem conhece o software se uma montadora tem a clareza de saber que este tipo de alteração é extremamente limitada. Para vocês terem uma ideia, um engenheiro especialista em calibração que trabalha 8h/dia todos os dias com todos os recursos de hardware e software originais da própria montadora gasta cerca de 2 anos de trabalho calibrando todas as condições de utilização de um carro. Todas as rotações e todas as posições do pedal do acelerador. O trabalho é tão complexo que se um responsável pela calibração de um carro ficar doente e outro engenheiro que assumir o trabalho vai começar do zero ao invés de tentar entender o que já foi feito. Agora imagina um cara que não é especialista, não faz isso 8h/dia, não tem recursos de hardware, laboratórios e equipamentos precisos e trabalhando com um software “pirata” sem saber onde está mexendo vai conseguir fazer um bom trabalho ?
Quem eu conheço e sabe o que está fazendo, não trabalha com remap por dinheiro nenhum. Não importa quanto vou ganhar para fazer um remap, não vou conseguir olhar na minha cara sabendo que enganei uma pessoa que não tem a menor noção do que eu fiz no carro dela.
Posso dar dois outros exemplos:
Imagine que o fulano fez uma imagem super complexa e bem elaborada com muitos detalhes usando um programa de desing CorelDraw com uma resolução alta.
O beltrano “eugenio” vai com um programa paintbrush, também de edição de imagens mas extremamente limitado do ponto de vista técnico, Neste exemplo, a limitação técnica do paintbrush é infinitamente menor do que a limitação do um software de remap.
Posso dar um outro exemplo comprando a um livro digamos de 400 páginas, onde cada página é uma tabela, uma estratégia, etc. Quando você faz o remap, fica literalmente sem 320 páginas , ou seja um livro que tinha 400 fica com 80 páginas.

2 – Aspecto “legal”
Um dos maiores problemas de um remap é você infringir a legislação sobre direito autoral e a legislação do meio ambiente.
Tanto quem faz (a oficina) quanto o usuário são passíveis de penalidades por alteração do conteúdo da ECU como não respeitar a legislação do meio ambiente. Os crimes contra a legislação ambiental são de prisão sem direito a habeas corpus. Nossa legislação ambiental é uma das mais rigorosas do mundo.

3 Garantia
Aparentemente o remap não é uma modificação “visivel”, só que não!
Se voce precisar de algum serviço de garantia no carro, a revenda autorizada, ao passar o scanner lê um protocolo que vai diretamente para o servidor do fabricante e fica registrado que o software do seu carro foi adulterado. Neste caso a montadora poderá entrar com um processo contra o usuário por ter infringido a lei ambiental e o direito autoral.

4 – Manutenção
É muito comum quando se faz o remap, sumir as estratégias de defesa e diagnóstico de defeitos. Algumas revendas autorizadas ficam sem poder ajudar e mesmo tentando solucionar o problema (cobrando) não conseguem, pois um defeito “real” não aprece no scanner.

5 – Estratégias de calibração
Imagine duas empresas de remap querendo mostrar que é o bonzão, quem consegue mostrar números maiores de ganhos de potência , mas trabalhando literalmente no escuro? Na prática você usa o carro e percebe que a cada momento, aleatoriamente o carro tem um comportamento diferente. A estratégia menos ruim é mexer o mínimo possível, pouco boost etc, mas sabe como é né, a vaidade de querer mostrar números grandes acaba tomando conta do seu bom senso e dá lhe boost , soca mais pressão que vem potencia.!

6 – Loucuras
Às vezes está muito forte, daqui a pouco parece que não vai, parece que ficou original e fica alternando de momento a momento. Infelizmente não tem uma solução diferente de substituir a ECU por uma nova. Eles vão jurar de pé junto que o seu carro está “original”, mas nunca mais fica. 1,2 GB se tornaram 250MB na melhor das hipóteses.

7 – Consumo
Uma marca registrada do remap é o aumento do consumo de combustível. Todos os carros com remap ficam com um consumo de combustível bem mais alto que o original. Se questionar o “preparador” vai ouvir “cavalo que anda, cavalo que bebe”.

8 Remoção
Absolutamente impossível !
Nunca mais fica original de novo, só comprando uma ECU NOVA!
O remap que era para ser baratinho vira uma bomba no seu colo. Nunca vi uma empresa que faz remap se responsabilizar por danos na ecu e comprar uma nova.
Algumas fazem você assinar um termo de responsabilidade antes deles colocarem a mão no seu carro.

9 Na venda
Essa é aquela hora que dá um frio na barriga de quem não tem a intenção de enganar o próximo. Digo que tem remap ou finjo que não sei de nada ? Se o carro apresentar um problemas na mão da vítima que comprou , quem vai bancar uma ECU nova ?
10 Reutilização
Impossível reutilizar. Uma vez feita, vai morrer no carro. Nem voltar ao padrão original você vai conseguir.

Q?

O que é Unichip?

A.

É um computador programável.
Permite a otimização da mistura de combustível e avanço de ignição para cada rpm do motor e cada posição do pedal do acelerador.
O resultado desses ajustes é um ganho de potência e torque. Consequentemente o motor será menos exigido, gerando uma redução no consumo de combustível.

Q?

Qual é o modelo de Unichip para o meu carro ?

A.

Estamos comercializando a versão “Q4” pode ser utilizada em qualquer modelo de carro.
Pode ser utilizado em todos motores à gasolina, alcool, flex, diesel ou GNV.

Q?

Quantos mapas o Unichip aceita ?

A.

O Unichip permite a utilização de até 5 mapas diferentes entre si.
Nossa sugestão é:
1 – Unichip Sport
2 – Unichip Sport plus
3 – Unichip Super Sport
4 – Original
5 – Manobrista

Podemos customizar ao gosto de cada vítima.

Q?

Quais são os modelos de Unichip

A.

Modelo atual é a versão “Q4”

Os modelos antigos são: UniA, UniB, UniC, UniD12, UniD19, UniQ e UniQ+.

O UniD12 é usado nos modelos Mitsubishi a diesel 2.5l antigo.
O UniD19 ou UniQ+ eram usados nos modelos Toyota Prado a diesel 3.0.

Q?

Como mudamos os mapas no Unichip ?

A.

Existem basicamente 3 opções:

1 – Botão Dastek
A Dastek fabrica um botão que permite a mudança dos cinco mapas.

2 – Bluetooth driver
É um botão eletrônico para a troca de mapas através de um telefone celular (Android, IOS)

3 – Botão comum
Podemos usar um botão convencional qualquer associado a algumas resistências para fazer estas mudanças.

Q?

Unichip altera o pedal do acelerador ?

A.

Podemos fazer uma calibração customizada do pedal ao gosto de cada cliente.

Nossa sugestão de regulagens:

1 – Unichip Sport
2 – Unichip Sport Plus
3 – Unichip Super Sport
4 – Original
5 – Valet (manobrista)

Q?

O que torna o Unichip diferente no mercado?

A.

É a nossa filosofia de trabalho !

Confiabilidade, segurança, risco zero para o motor.

Os ajustes são desenvolvidos aqui no Brasil, utilizando combustível dos postos.

A central eletrônica original permanece intacta com todas as estrategias de segurança.

Pode ser reutilizado em outros veículos, infinitas vezes.

Redução no consumo de combustível.

Instalação totalmente reversível.

Clique aqui e curta a nossa fan page do Facebook!

Q?

Qual o ganho de potência do meu carro ?

A.

O ganho que não gere nenhum tipo de risco para vida útil do motor e seus componentes.

Cada modelo de carro apresenta um ganho diferente.

Apresentamos resultados concretos.

Q?

O consumo de combustível se altera ?

A.

Observamos uma sensível redução no consumo de combustível em todos os veículos que instalamos o Unichip.
Esta redução depende muito do tipo de trajeto que o veículo é utilizado.
Ganhos são maiores em trajetos com trânsito livre.
O consumo permanece inalterado em trajetos com trânsito muito anda e para.

Q?

Qual o veículo ideal para instalação do Unichip?

A.

Aquele veículo que você mais usa !

Todos os carros com injeção eletrônica de combustível, movidos a alcool, gasolina, diesel ou GNV.

Q?

Qual é a garantia do Unichip?

A.

Cinco anos sem limite de quilometragem.

Nossa melhor garantia é a certeza que o seu carro fica sempre melhor do que era antes.

Garantindo um funcionamento mais perfeito que o original.

Q?

Unichip funciona num carro com GNV ?

A.

Sim, podemos eliminar o “variador de avanço”.

Unichip pode fazer um ajuste muito mais bem elaborado e preciso.

Unichip configurado para GNV e para gasolina, a mudança dos mapas se faz automaticamente junto com a escolha do combustível.

Q?

Quem pode instalar o Unichip?

A.

O Unichip só pode ser instalado por um revendedor Autorizado Dastek ou um revendedor Autorizado do Fabricante do veículo.
Consulte a nossa lista de revendedores autorizados Dastek.